terça-feira, 6 de abril de 2010

A fogueira

O mestre encontrou-se com os discípulos certa noite
e pediu para que acendessem uma fogueira,
para que pudessem conversar.

-"O caminho espiritual é como o fogo que arde adiante de nós." - disse ele. -"Um homem que deseja acendê-lo,
tem que se conformar com a fumaça desagradável
que torna a respiração difícil e arrancar lágrimas do rosto.
Assim é a reconquista da fé.
Entretanto, uma vez o fogo aceso a fumaça desaparece e
as chamas iluminam tudo ao redor nos dando calor e calma."

-"E se alguém acendê-la para nós?" - perguntou um dos discípulos. -"E se alguém nos ajudar a evitar a fumaça?"

-"Se alguém fizer isto, é um falso mestre.
Que pode levar o fogo para onde tiver vontade
ou apagá-lo na hora que quiser.
E como não ensinou a acendê-lo,
é capaz de deixar todo mundo na escuridão..."

Sem comentários: